Profissionais estão cada vez mais exigentes no quesito “empresa”

Trabalhadores qualificados aproveitam a carência do mercado e mostram-se cada vez mais seletivos em relação às organizações contratantes.